Siga-nos por e-mail

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Resedá 2

Outro resedá.
Foto abaixo, brotação do pré-bonsai, 3 meses após poda drástica. Esta planta foi começada a partir de estaca adquirida em flora, que foi decepada com 6 cm de altura e colocada em grande vaso (na verdade, um desses pratos de plástico preto, com 50cm de diâmetro e 4 de altura, vendidos em floras como aparadores de água que vaza de regas em vasos grandes). Ficou cerca de 2 anos no pratão, engrossou o tronco e melhorou o nebari. Foto de 12 de outubro de 2010, quando sofreu nova poda drástica e foi colocado nesta cuia, já para formar os galhos. Um mês depois, os galhos foram selecionados e aramados pela primeira vez.

O nebari desta planta ficou com característica muito boa: uma raiz de apoio (debaixo do centro de gravidade da planta, que se inclina para a E), e uma raiz de tração, que "ancora" a planta diretamente para baixo à D, como um tirante. A mancha escura no tronco é de raiz que foi eliminada.



Abaixo, segunda aramação e ancoragem dos primeiros galhos, já em vaso de treinamento, brotando bem, aguardando metsume: 4 de fevereiro de 2012. A copa ainda pequena em relação ao tatiagari, e o galho à D do observador está alto (o triângulo da copa está inclinado em relação à linha horizontal do vaso). Deixar aumentar a força tornará mais fácil correção desses pontos. Dimensões atuais: altura 18cm; nebari 11cm; relação entre altura e nebari = 1,64.

Abaixo, mesma data da anterior, depois de metsume (poda de brotinhos). O ápide não está bom - tem um "cotovelo". Vamos ver como vem a próxima brotação para corrigir.


Nenhum comentário:

Postar um comentário